Brincar com sons
Juntar letras
Formar palavras
Descobrir a sonoridade e o nome de tudo
Que está no mundo
nas coisas
no pensamento.

Ler é tão bom!

Poder viajar
Conhecer mundos de ontem
de hoje
de amanhã.
Imaginar.
Criar.
Sonhar.
A leitura permite isso e muito mais
Pois ler é tão bom!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

OFICINA DA PALAVRA


A GBFL-Gerência de Biblioteca e Formação de Leitores, através do Programa Manuel Bandeira de Formação de Leitores, lançou edital de concurso de poesias para professores/professoras da Rede Municipal do Recife, em 2006. O resultado de tal concurso é o livro Oficina da Palavra, coletânea de 49 poemas e 3 contos, de 32 professoras da SEEL. Lançado durante a Conexão 17, em 2007, todas as escolas da Rede receberam um exemplar. E, desde então, as professoras-poetas são convidadas a participar em diferentes eventos e recitais que acontecem na cidade do Recife ou nas unidades escolares, vivenciando a temática do ano letivo de 2008 que enfoca a poesia: Os poetas do Recife: os imortais e os atuais.
Apresentando a antologia Oficina da Palavra , para quem não conhece, escolhi três poemas. O de Angela Maria Pimentel Teixeira que dá título ao livro. O de Eneide Maira Ferreira que declara amor aos animais. E um meu que nomeia esse blog.

OFICINA DA PALAVRA
Angela Maria Pimentel Teixeira

Palavras faladas
Primeiro, sozinhas
Depois, de mãos dadas.

Aqui são faladas,
Escritas, cantadas,
Aqui elas rimam,
São poetizadas.
Discutem, encantam
E são transformadas.

São vistas inteiras
Ou por pedacinhos.
Uns nomes tão grandes
Outros pequenininhos.

Não importa o tamanho,
Mas vale ser dita.
Não pode ser feia
Tem que ser bonita!



ODE A CHICA
Eneide Maria Ferreira

Chica era linda.
No rosto: três pontinhos pretos
que riam,
que sorriam,
especialmente para mim.
A gente se amaaaava.
A gente se entendia,
ela falava:
- Tas legal?
Eu latia:
_ Au, au...
O toquinho de rabo
abanaaaava
quase “avoava”.
O tiquinho de coração
que eu sempre ouvi bater,
se partiu.
Chiquinha se encantou.
Nunca mais falou...



LER É TÃO BOM
Thelma Regina Siqueira Linhares

Brincar com sons
Juntar letras
Formar palavras
Descobrir a sonoridade e o nome de tudo
Que está no mundo
nas coisas
no pensamento.

Ler é tão bom!

Poder viajar
Conhecer mundos de ontem
de hoje
de amanhã.
Imaginar.
Criar.
Sonhar.
A leitura permite isso e muito mais
Pois ler é tão bom!

Um comentário:

Airton Correia disse...

Amo esses poemas a primeira vez que os li foi com minha professora Ângela na escola Herbert de Souza e desde então me apaixonei, e veio meu interesse por poesia e escrita, quando tinha 8 à 11 sempre tive sonho de ser poeta graça a seus ensinamentos.Tinha inscrito até um livro ''caseiro mesmo'' que minha avó amava quando eu ia pra casa dela dissertar. Esses poemas mim lembram momentos inesquecíveis que jamais esquecerei.